GuiaHHR: Dez discos para ouvir em 2019

Em 2018, o Guia Hip-Hop Rádio teve o intuito de analisar e contextualizar os “doze projetos que mais se destacaram no movimento – e porquê”, um pequeno ensaio fruto de infindáveis horas de audição. Neste caso, isso será (quase) impossível, já que o Guia HHR de janeiro se vai debruçar sobre a música que ainda não saiu, à excepção dos singles reproduzidos. Para este ensaio, entrei em contacto com os MC’s e produtores com projetos anunciados, recém-publicados e ainda por desvendar em 2019, com uma só questão. Ficam as respostas. Por Bruno Fidalgo de Sousa.

Como descreves o álbum que te preparas para lançar?

Stereossauro - Bairro da Ponte

“Estou muito ansioso por lançar este trabalho, o Bairro da Ponte é o trabalho mais importante que fiz até agora e o que gostei mais de fazer também, este disco inspira-se na nossa música tradicional, o fado, com vários samples dos “cofres” da Valentim de Carvalho, e tem gente talentosa de todas as idades e estilos musicais a participar, todos os vocalistas e musicos que participam foram incríveis e fizeram este disco possivel.”

Bairro da Ponte chega amanhã às lojas. “Flor de Maracujá” é o primeiro single:

Reflect

Amanhã lanço o meu “Castelo de Cartas”, que continua a contar uma história no ponto em que o “Barco de Papel” a deixou e que começou na “Eu fico bem”.) Tal como aconteceu com o meu primeiro álbum “Último acto”, voltei a criar música desprendido de tudo o que não seja a minha inspiração.Decidi dedicar mais tempo a cada tema e ir contando esta nova história por capítulos. No final, transformar-se-ão no meu terceiro álbum, quando a minha inspiração me permitir dizer tudo até à data em que decida lançá-lo.Até lá e para quem segue o meu trabalho, resta-vos desfrutar da viagem porque o final ainda só eu conheço. E obrigado.”

Reflect, MC e fundador da Kimahera, label algarvia, prepar-se para lançar o seu terceiro álbum. “Barco de Papel”, publicada em fevereiro de 2018, é o primeiro single:

xtinto - Latência

O conceito do Latência começa no retardamento propositado do seu lançamento. Depois da Odisseia, Latência é o jet lag consequente dessa viagem, desta vez mais sozinho e introspetivo.”

Odisseia, com Dez, foi a primeira amostra do trabalho de xinto. O rapper de Ourém prepara Latência, EP em colaboração com benji price. “Quentin Miller”, o último tema do MC, tem produção de rkeat, também da Think Music.

Grilocks - Nimbus

O Nimbus é um álbum introspectivo onde dizimo o meu ego para ouvir o meu eco, transformando problemas em soluções, onde assumo uma forma diferente de estar na vida, menos ingénua e mais confiante. Com vários ambientes, uns mais agitados outros mais românticos, com várias cores e sensações, viaja a vários desassossegos do nosso âmago, que penso serem abrangentes a todos nós, de formas e perspectivas distintas. É inteiramente produzido e dirigido pelo Khapo, sem uma linhagem muito concreta ou definida, há sempre um tema que está ligado a outro, é um álbum dinâmico e com uma intenção profunda.”

Depois de CARISMA, em 2016, Grilocks prepara-se para editar Nimbus, com a Mano a Mano. Por agora, “Labirintos” é o primeiro single, com participação de Bibi Ross. Segue-se “Mais Do Que Pele”, com Napoleão Mira, agendado para dia sete de fevereiro.

Macaia

“É um álbum de ensino para quem crê que pode aprender sempre mais. Um lembrete de que podemos ser mais e melhores, ainda que tudo à nossa volta não esteja em favor do nosso futuro. E é, sem dúvida, um agradecimento a todos os amigos, familiares e desconhecidos que me dão força para subir esta montanha que é a vida. Subimos Todos.”

O álbum de estreia de Macaia, que já demonstrou o seu talento ao lado de Mundo Segundo, Kappa Jotta ou Cálculo, era há muito esperado. O artista de Abrantes tem já dois singles na rua deste projeto ainda sem nome. “Casa de Oportunidades” foi o primeiro tema a ser divulgado:

Tom - MAD

“É complicado descrever uma dica cujo título é Mente a Divagar em simplesmente duas ou três frases… já tinha pensado em fazer uma cena mais consensual e específica mas a meio do trajeto decido abordar mais os aspetos técnicos do meu rap e tentei caminhar por vibes diferentes! Novos flows, métricas, etc… mas tudo dentro das “legalidades”. É uma espécie de egotrip consciente… Onde um gajo se preocupa com o que vai dizer, mas também anda ali à procura duma forma diferente de o poder fazer.”

Mente a Divagar, segundo álbum de originais de Tom (sucessor de Guarda-Factos, de 2016) ainda não tem data. Contudo, já podemos ouvir o tema “O que é que a vida traz”, com instrumental de Razat, primeiro single do disco:

TNT

Este ano vou lançar um novo trabalho, um EP de sete temas, todo produzido pelo DJ Player. Tem algumas participações de pessoal ligado à Mano a Mano, como Amaura e Jay Fella, e outras por revelar. Em breve irei lançar novo vídeo e avançar mais detalhes.”

O rapper de Almada tem já um vasto portefólio. O último trabalho tinha sido Menino de Ouro. “Flow” é o primeiro single, com participação de Amaura.

Praso - L.E.V.

“O nome do álbum diz tudo. É um álbum livre, que me sai por espontânea vontade.”

LEV (Livre e Espontânea Vontade) tem data marcada: 25 de abril. Já estão disponíveis seis temas, um deles, “Até virar pó”, com Sara D. Francisco:

Russa - Mixtape L.S.D:

“Esta mixtape é muito diferente do álbum Catarse, lançado em março. São beats mais clássicos (todos do Madkutz) e o maior foco é em storytelling e não em punchlines, como é hábito. Foi tudo escrito e gravado em apenas um mês, num ambiente descontraído e mais numa de let’s have fun!”

 

Do “Bules Para o Mercado” e “Yoyoyo” foram os primeiros temas desta mixtape de Russa, com produção de Madkutz. Os restantes temas vão ser revelados ao longo das próximas quatro semanas.

Phoenix RDC - O Melhor Álbum de Hip-Hop Português

“Já faço castelos com a merda que esses putos metem na boca”

 

Ainda em janeiro, Phoenix RDC divulgou uma mão cheia de singles e O Melhor Álbum de Hip-Hop Português. O disco tem o selo de sete produtores. “Chiripiti” tem (mais um) instrumental de Lazuli:

Com O Melhor Álbum de Hip-Hop Português já nas ruas e Reflect e Sterossauro com novidades para amanhã, resta aguardar pelo próximo MC a deixar a sua marca em 2019.