Hip Hop Rádio

Queima das Fitas do Porto: com tanto salto, só faltou “voar”

De cinco a 11 de Maio, a Hip-Hop Rádio esteve pela Queima das Fitas do Porto a acompanhar vários concertos. Dos vários espetáculos protagonizados por diversos artistas, temos que, obviamente, dar ênfase a dois concertos aos quais não ficámos indiferentes: Mundo Segundo & Sam The Kid e Wet Bed Gang.

Retrospetiva de uma noite profunda

Processed with VSCO with g3 preset

“Aquilo que tu procuras” encontrámos na Queima das Fitas no concerto destes dois colossos do hip hop português. De facto, a queima ficou em “Brasa” com a atuação de Mundo e de Sam. Acompanhados do Dj Cruzfader e do Dj Guze, deu para sentir que não eram apenas quatro artistas em palco: para além dos clássicos, foram interpretadas músicas que contam com a participação de Bezegol, Orelha Negra, NBC, Dealema, entre outros. Sentiu-se um verdadeiro espírito de Hip Hop no recinto. Felizmente, “sou do tempo” em que estes 2 “dinossauros” da tuga nunca passarão de moda. “Sendo assim”, nesta curta “Retrospetiva de uma noite profunda”, sentiu-se um misto de emoções que só Sam e Mundo conseguem proporcionar. Emoções estas sentidas até pelos próprios artistas, isto porque Mundo sentiu de certo alegria quando desabafou que já não pisava o palco do queimódromo desde 2005, logo ele que é de um local tão perto do Porto. Sam e Mundo são uma agradável lufada de ar fresco de Hip Hop da velha escolha que é sempre um prazer de ouvir, e este concerto não foi exceção.

Com tanto salto, só faltou voar

Processed with VSCO with p5 preset

Do “Bairro” da V-Block para o palco do queimódromo da Queima das Fitas, os Wet Bed Gang deixaram o povo completamente “maluco”. Incansáveis, estiveram sempre a puxar pelo público. Desde moches a cantar excertos de músicas, o público demonstrou o porquê de a fama destes quatro rappers estar a crescer exponencialmente: puxam imenso por nós. GSon, Zizzy Jr, Zara G e Kroa são nomes que correm de boca em boca em Portugal, juntamente com as músicas deste grupo. Foi possível “voar” a ouvir este concerto e certamente que os Wet vão voar muito mais alto ainda. De certeza que quem pensou que “devia ir” ao concerto e realmente foi, não se arrependeu.

Escrito por Tomás Novo, com fotografia por Rita Carvalho para ver aqui.

Leave a Comment