Hip Hop Rádio

Um auditório, uma banda, cinco elementos e um concerto de GROGNATION

Artigo e Fotografias por: Rodrigo Santos

 

Numa noite em que o Furacão Leslie dominava os pontos de atenção por toda a capital, foi no auditório Olga Cadaval (Sintra) que se fez história. Perto das 22 estaria a começar aquilo que foi o primeiro concerto acústico do grupo de Hip-Hop, Grognation.


 

O grupo apresentou um registo bastante diferente do habitual logo desde o inicio do espetáculo, uma vez que a plateia ocupou o interior da sala, onde o concerto iria decorrer, sentada. Registo esse bem diferente do habitual espírito vivido num concerto do grupo.

A banda que iria, ao longo da noite, acompanhar os músicos entrou primeiro e começou a perfilar o mood que iria assistir o concerto até final. Neck, Harold, Prizko, Nasty Factor e Papillon entraram de seguida e dirigiram-se aos seus lugares de palco, também eles sentados.

 

Os ritmos mais calmos e suaves dos instrumentos da banda comungaram na perfeição com as versões de estúdio da banda, as vozes mais arrastadas e a um ritmo menos cardíaco deram o complemento ideal as novas composições ali praticas.

O público, que ia desde os 8 aos 80, foi conquistado ao longo do concerto pela vibe criada e sentida pelos artistas. Existia um orgulho visível, nos rostos do fãs do grupo, perante aquele arranjo que ao longo da noite iam cantando temas como “Amar para esquecer” ou “Voodoo”, que contou com a presença de Filipe Gonçalves. E a banda correspondia com momentos de galhofa que iam divertindo o público.

Houve ainda espaço para momentos de pura emoção, onde Neck deixa passar algumas lágrimas ao falar sobre a filha e é rapidamente confortado pelos outros elementos do grupo.

O concerto acaba por chegar ao final com todos os artistas em clima de festa, coreografando vários passos de dança ao som do ritmo mais africano produzido pela banda, numa espécie de festejo pelo desempenho sentido durante todo o concerto e, certamente, pelo sentimento de realização que acompanha qualquer criador de algo novo.

Podes ver a foto-galeria completa aqui

1 thought on “Um auditório, uma banda, cinco elementos e um concerto de GROGNATION”

Leave a Comment