Hip Hop Rádio

Hip Hop Rádio ao vivo

Primeiros Passos no Hip-Hop com Sir Scratch, Tóy Tóy T-Rex e xtinto

No dia 29 de fevereiro, na Central Gerador no Lumiar, juntámos os rappers Sir Scratch, Tóy Tóy T-Rex e xtinto para um debate acerca dos seus primeiros passos no hip-hop. Nesta conversa descobrimos qual foi o seu primeiro contacto com a cultura hip-hop, as suas influências, dificuldados ao longo do percurso e, ainda, o que os motivou a seguir este rumo.

Sir Scratch tem dois álbuns nas ruas: “Cinema” lançado em 2005 e “Em nosso nome” lançado em 2013. Atualmente é também membro do painel do Três Pancadas da TV Chelas, um programa de entrevistas em que, juntamente com Sam the Kid e João Moura, debatem diversos assuntos com artistas da cultura hip-hop.

Tóy Tóy T-Rex é um rapper angolano a residir na Linha de Sintra. É membro do coletivo Máfia 73 e a solo já lançou projetos como “Meu Espaço”, “Rexpect”, “Hangar-11”, “11-se” e “Chá de Camomila” em 2018.

xtinto estreou-se em 2015 com Dez na mixtape “Odisseia” e começou a sua jornada a solo com o tema “Opus Magnum” produzido por Osémio Boémio. Em 2019, lançou pela Think Music o seu primeiro EP “inacabado” em conjunto com o Benji Price e “Ventre”, uma compilação de singles já lançados.

Retrospetiva da década com Nasty Factor, NGA e Varela

No sábado, pelas 19h30, a Hip Hop Rádio junta à conversa o rapper e produtor Nasty Factor, membro do coletivo GROGNation, o rapper NGA e Nuno Varela, fundador da plataforma Hip Hop Sou Eu e de iniciativas como a Liga KnockOut, para um debate sobre os últimos dez anos do hip-hop em Portugal, onde serão destacados os projetos e artistas que marcaram a cultura.

Os Regressos no Hip-Hop com José Mariño, Keso e Maze

Regressar onde fomos felizes nem sempre faz sentido, mas aqui estiveram reunidos três casos em que esse regresso não só faz sentido como é quase necessário. Esta conversa pôs lado a lado José Mariño, que regressou à rádio para fazer um raio-x ao rap tuga, Keso, que revisitou “O Revólver entre as Flores” para o reeditar em vinil e Maze que voltou à estrada com os Dealema. Esta conversa integrou a programação do Trampolim Gerador, um festival com mais de 50 momentos culturais gratuitos, no Lumiar, em Lisboa.

José Mariño iniciou o seu percurso como radialista no Correio da Manhã Rádio, mas foi na Antena 3 que abriu caminho a nomes que se viriam a eternizar na história do rap tuga, com o seu programa Repto. A voz que se ouve em “Retrospectiva de um amor profundo” de Sam the Kid, quando Sam eterniza a sua primeira vez na Antena 3, regressou este ano à rádio com A Teoria da Evolução, um programa em que viaja entre o passado e o presente do Hip Hop e leva à Antena 1 vozes que compõem e enquadram o rap em Portugal.

Keso lançou “O Revólver entre as Flores” em 2011, um disco que se seguiu ao “Raios Te Partam” (2003), com que se estreou, e antecedeu “KSX2016” (2016), o terceiro e último disco até agora. Este ano o rapper do Porto reeditou “O Revólver entre as Flores”, que lançou primeiro através de um leilão na sua conta do Instagram e, entretanto, já apresentou no Plano B, no Porto. A edição em vinil de “O Revólver entre as Flores” foi produzida pela Circus Network e pela Paga-lhe o Quarto.

Maze é membro do grupo icónico de Gaia, Dealema. Após um regresso anunciado e feitas as honras em Lisboa, no Festival Iminente, e no Porto, no Hard Club, os Dealema regressam ao panorama do rap com uma reedição de “Dealema” (2003) que esteve à venda apenas no concerto na mítica sala de espetáculos do Porto. Depois de apresentarem “Alvorada da Alma” (2013), Mundo, Maze, Fuse, Expeão e DJ Guze estiveram afastados para recolher impressões do mundo e compor a solo, mas regressam tão fortes quanto antes.