Hip Hop Rádio

19 anos de “Manda chuva”

 

Ângelo César do Rosário Firmino, conhecido como Boss AC, é filho da cantora cabo-verdiana Ana Firmino e do pintor cabo-verdiano António N. Firmino (Toi Firmino). Nasceu em Cabo Verde, e veio para Portugal ainda pequenino onde em Lisboa passou a sua infância e adolescência.

Boss AC iniciou a sua carreira musical no final dos anos 80. Chegou a ser vocalista dos Cool Hipnoise, depois Boss AC foi um grupo composto por AC e Q-Pid. Fez também várias participações especiais em discos dos Da Weasel, General D e Fernando Cunha, dos Delfins, o que lhe deu algum impulso no mundo da música.

Por essa altura alguns rappers ganharam projecção, maioritariamente oriundos da cintura periférica da grande Lisboa. Esse movimento veio a traduzir-se na compilação “Rapública” na qual Boss AC foi responsável pela produção, autoria e composição de dois temas. Sendo os primeiros temas próprios lançados em disco, Rapública marcou o arranque definitivo da carreira do artista.

Manda Chuva

Em meados de 1997 Boss AC partiu para os EUA, onde gravou as faixas que deram forma ao álbum Manda Chuva, com a produção de Troy Hightower, um dos mais requisitados produtores de hip-hop dos EUA. Boss AC entrou em contacto com ele através dos Mind Da Gap, cujo tema “Sem Cerimónias” foi produido pelo Troy.

Depois de feita a pré-produção e a gravação do disco em Nova Iorque, Boss AC regressou a Portugal, onde registou as vozes que participaram em Manda Chuva. O artista convidou nomes como Sam The Kid e Melo D, ou os DJ’s Soon e Dee Nasty. Construído como um filme, o álbum recorre a intros e a diversos outros skits para fazer a interligação dos temas.

Manda Chuva chegou às lojas em 1998, marcando a estreia do cantor. O álbum, refletindo intenções já antigas de Boss AC experimenta novas abordagens musicais – ragga, soul, R&B – sempre em torno do hip-hop. É também perceptível a influência das suas origens africanas, com temas como “Corda” e “Tunga, Tunguinha” cantados em crioulo, e “Velhos Tempos”, que fala da sua infância em Lisboa. Nesse álbum, teve a colaboração vocal de Q-Pid.

Fonte da informação: Wikipédia.

Leave a Comment